O pagamento será feito em duas parcelas. A primeira a ser paga no final de maio e a segunda no final de julho (Foto: Reprodução)

Aposentados e pensionistas deverão receber a primeira parcela do 13º salário no final de maio, segundo o secretário especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, Bruno Bianco. A medida já tinha sido anunciada pelo governo federal, mas aguardava a aprovação e sanção do Orçamento da União, aprovado em 25 de março. No total, R$ 56 bilhões serão pagos a 31 milhões de pessoas.

O pagamento será feito em duas parcelas. A primeira a ser paga no final de maio e a segunda no final de julho.

O secretário especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, Bruno Bianco disse ao G1, que “dos R$ 10 bilhões previstos para o programa de manutenção do emprego neste ano, R$ 7 bilhões virão do cancelamento de restos a pagar de 2020”.

Dessa forma, somente R$ 3 bilhões representarão novos gastos, não previstos.

Em 25 de março, o Congresso Nacional aprovou o Orçamento da União para 2021 com uma série de cortes. Os gastos saíram de R$ 524 bilhões para R$ 103 bilhões, mesmo com o avanço da pandemia, segundo dados do próprio Tesouro Nacional.