Diretor Comercial e Marketing, Roberto Nejm Jr, da Empresa Manoel Marchetti (Foto: Divulgação)

Na última sexta-feira, 30 de abril, o Conselho Municipal dos Direitos das Crianças e Adolescentes (CMDCA) de Ibirama divulgou o resultado preliminar das avaliações e classificação dos projetos que serão financiados com recursos oriundos do Fundo da Infância e Adolescência (FIA). 

A partir da seleção, as entidades ou órgãos governamentais que tiveram seus projetos aprovados deverão apresentar toda a documentação para elaboração do Termo de Fomento, concretizando a parceria com a Prefeitura de Ibirama, que fará o repasse de recursos, sob a fiscalização dos conselheiros do CMDCA. De acordo com a secretária de Assistência Social e Habitação de Ibirama, Fabiani Tenfen Soberanski, são 15 dias para a entrega de todos os documentos. “Não entregando dentro do prazo, serão chamados os projetos que ficaram abaixo na classificação”, explicou.

 Para o edital do FIA de 2021 foram dispensados R$ 216 mil que deverão ser utilizados para financiamento desses projetos. Dentro deste valor, foram classificados 23 projetos, sendo um eliminado. Dos classificados, 15 foram aprovados e para receberem o recurso deverão entregar a documentação. 

As propostas são as mais diversas, como por exemplo, o Projeto do Bombeiro Mirim, que será desenvolvido pelo Corpo de Bombeiros Voluntários de Ibirama e o Librario, que desenvolverá aulas de linguagens de sinais na Escola Municipal Bairro Operário. “São muitas ideias que impactarão diretamente na vida das crianças e adolescentes da nossa cidade. Esta é uma grande oportunidade de fazer a destinação de parte do seu Imposto de Renda para estes projetos, pois não se trata de doação, mas sim de direcionar um dinheiro que seria pago à Receita Federal”, explicou Fabiani.

 Município aposta no incremento do FIA por meio de empresas

Além da Prefeitura de Ibirama, que destina 0,35% da sua corrente ao FIA, a Secretaria de Assistência Social, em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico e CMDCA, aposta em uma fonte para incrementar os recursos do fundo, por meio de empresas privadas que podem destinar até 1% do IR anual.

 É o caso da tradicional empresa ibiramense, Manoel Marchetti, que em 2021 optou por destinar esses recursos ao FIA. De acordo com o Diretor Comercial e Marketing, Roberto Nejm Jr, a decisão que a empresa tomou de colaborar com fundo vai ao encontro dos interesses que o senhor Ayres Marchetti sempre teve a frente da empresa. “Preservar o bem-estar dos funcionários observando o futuro das suas famílias, e obviamente, dos jovens e das crianças do município”, destacou.

 A empresa, inclusive, fará parte da campanha publicitária de arrecadação para o FIA, com objetivo de estimular outros empresários a seguirem os mesmos passos. “Fizemos reuniões diversas com empresários do município e temos a certeza que, no ano que vem, teremos mais parceiros do FIA”, finalizou Fabiani. 

Quem ainda não declarou o seu Imposto de Renda poderá fazê-lo até 31 de maio. 

Projetos aprovados e valores destinados:

– Associação Corpo de Bombeiros Voluntários de Ibirama – Bombeiro Mirim – R$ 15 mil

– A.P.P. Escola Verônica Keil – Escola mais verde – R$ 15 mil

– Associação Corpo de Bombeiros Voluntários de Ibirama – Bombeiro em Casa – R$ 15 mil

– A.P.P. Escola Tancredo Neves – Projeto LabMaker Tancredo – R$ 15mil

– Secretaria de Educação – Olakunde “o valoroso chegou” – R$ 15 mil

– Associação Ibiramense de Badminton – Badminton nas Escolas – R$ 10.438,07

– A.P.P. CEI Vice-prefeito Sigolf Radloff – Rodinhas R$ 13.922,10

– Comunidade Evangélica de Ibirama – Ciranda da Criança Integral – Mente e Corpo em Dignidade – R$ 15 mil

– A.P.P. Escola Christa Sedlacek – Protagonismo juvenil R$ 15 mil

– A.P.P CEI Florinda Zemke dos Santos – Parquinho: Espaço de Lazer, Saúde, Interação Social e Desenvolvimento da Criança R$ 14.388,70

– Secretaria de Educação – Competências intra e interpessoais e os princípios da educação consciente R$ 12.340,00

– A.P.P. E.M. Bairro Operário – Librario – Libras na E.M. Bairro Operário R$ 11.500,00

– A.P.P. CEI Moisés Amaral – Projeto estimular, brincar e aprender R$ 14.800,00

– A.P.P. CEI Abelhinha Feliz – Matematicando: Construindo Conceitos Matemáticos na Educação Infantil R$ 14.720,50

– APP EEB Eliseu Guilherme – Projeto multidisciplinar interligando emoções – R$ 15 mil