Milhares de agricultores participam do “1º Grito pela Cebola” em Ituporanga

0
1052
A formação de uma cruz humana, simbolizando o momento de luto que passa a agricultura (Foto: Rádio Sintonia)

Cebolicultores reivindicam cebola importada entre na lista de produtos que são taxados e melhores condições para renegociação dos financiamentos

A segunda-feira 27, foi marcada pelo 1º Grito pela Cebola em Ituporanga. A manifestação organizada pela Associação de Produtores de Cebola de Santa Catarina (APROCESC) contou com o apoio de demais entidades da região, como a Câmara de Vereadores de Ituporanga, Sindicatos Rurais e dos Trabalhadores dos municípios da microrregião, além da Rádio Sintonia e da Câmara de Dirigentes Lojistas de Ituporanga a CDL.

A mobilização que reuniu milhares de agricultores no Centro de Ituporanga teve como foco a luta para que a cebola importada entre na lista de produtos que são taxados e melhores condições para renegociação dos financiamentos nas agências bancárias, tendo em vista o baixo preço praticado na região e não tem coberto nem o custo de produção.

A mobilização teve momentos marcantes, como a formação de uma cruz humana, simbolizando o momento de luto que passa a agricultura, a apresentação do Hino Nacional cantado pelos próprios agricultores, discursos das autoridades e greve de fome.

Em solidariedade aos agricultores o comércio de Ituporanga manteve as portas fechadas até o meio dia. Os agricultores se mantêm organizados e aguardam respostas das autoridades. No mês de setembro, o 2º Grito pela Cebola deve ser realizado na região.

Com informações da reportagem de Adriane Rengel – Rádio Sintonia – Ituporanga