O Sindicato das Trabalhadoras e dos Trabalhares em Educação, SINTE, Regional de Rio do Sul reúne professoras e professores aposentados na sede do Sindicato dos Metalúrgicos, em Rio do Sul, na tarde desta terça-feira, 19, para tratar da luta contra o desconto de 14% dos salários das trabalhadoras e dos trabalhares aposentados da rede estadual de Educação  de Santa Catarina.

Aposentou do trabalho, mas da luta nunca se aposenta”, disse o coordenador estadual do SINTE, Luiz Carlos Vieira, ao público que participa do encontro.

O coordenador regional do SINTE de Rio do Sul, professor Lothar Weise Filho, pediu a união das trabalhadoras e dos trabalhares para irem a Florianópolis no dia 28 de abril para um ato estadual de luta da categoria.

O advogado do SINTE, Marcos Palmeira, falou sobre a origem desse desconto de 14% dos aposentados, que está dentro de uma estratégia de empobrecimento da população, desconto que foi aprovado com a reforma da previdência estadual. Agora cabe à categoria se organizar e lutar contra essa reforma inconstitucional, e reforçar a ação do sindicato no Tribunal de Justiça e no Supremo Tribunal Federal.

O SINTE/SC organiza Projeto de Iniciativa Popular para reverter o desconto de 14% do salário dos aposentados para a previdência estadual, desconto em vigor desde janeiro deste ano. O objetivo é de coletar 53 mil assinaturas da população em geral para poder protocolar o projeto na Assembleia Legislativa de Santa Catarina (ALESC).

A professora Regina Garcia Ferreira disse que logo após o encontro vai ter um delicioso café de confraternização oferecido pela Regional do SINTE de Rio do Sul.