Para abrir o mês junino: aprenda a fazer canjica (mungunzá) doce com coco

A dica pode ser adaptada no sabor e nos costumes de cada região do país

0
170
A receita é conhecida como Mungunzá no Nordeste (Foto: Arquivos Cozinha da Matilde)

A cozinheira Letícia Massula ensina a preparar o prato que é chamado como mungunzá no Nordeste e canjica no Sudeste e Sul. Entre nomenclaturas, o sabor é mesmo em qualquer canto do país e pode “aquecer corações” nos festejos juninos.

Há quem apenas cozinhe o milho de canjica e coma só com leite e açúcar, o que ser uma boa opção. Em Goiás, o costume é queimar o açúcar no começo e juntar coco e amendoim no final para ficar portentosa. Assim, o prato passa a ser chamado de canjicada.

Mas no exemplo da foto utilizada nesta postagem, a receita foi preparada sem queimar o açúcar e só com coco e leite de coco, para variar. O resultado é um sabor diferente, além de uma aparência mais “branquinha”. 

Ingredientes 

– 500g de milho de canjica

– 2 litros de leite

– 3 xícaras (chá) de açúcar

– 1 xícara (chá) de leite de coco

– 1 xícara (chá) de coco ralado

– 3 cravos, 1 cardamomo e 1 pau de canela

Modo de fazer

Cozinhe a canjica com água na panela de pressão ou deixe de molho na véspera e cozinhe direto na panela. Na pressão são 25 minutos, na panela comum uns 40. Importante deixar bem macia, bem cozida, pois o milho endurece um pouco quando entra o açúcar.

Em uma panela junte o leite, o açúcar e as especiarias e deixe ferver até reduzir pelo menos 1/3 do volume, encorpar e virar um caramelo de leite.

Junte o milho cozido e escorrido, deixe ferver junto uns 5 minutos. Finalize com 1 xícara de leite de coco e 1 xícara de coco ralado, misture bem, deixe ferver novamente e apague o fogo. Sirva com canela!

Para saber mais receitas incríveis como essa, acesse o site Cozinha da Matilde da cozinheira Letícia Massula.