(Charge pode isso 149)

Pode isso 149

Da Coluna de Guilherme Amado no Globo:

O Ministério Público Federal recebeu uma notícia de fato pedindo para investigar a suplente de vereadora em Petrópolis Tia Matildes por crime contra a segurança nacional.

Tia Matildes vem a ser Matildes da Silva Silveira e, como o sobrenome indica, mãe de Daniel Silveira.

Em seu Facebook, segundo a denúncia, Matildes postou a seguinte frase: “Meu sonho seria acordar amanhã cedo com a notícia: ‘O Exército acaba de invadir o STF’”.

Disputas políticas levaram Brasil a fracassar no combate à Covid-19, aponta estudo

Da Revista Forum 

Um estudo conduzido por pesquisadores de 16 países apontou que as disputas políticas em torno da pandemia de Covid-19 levaram o Brasil a fracassar no combate à emergência sanitária.

O projeto Comparative Covid Response: Crisis, Knowledge, Politics (Comparativo das Respostas à Covid: crise, conhecimento e política) tinha como ponto de partida entender por que a evolução da Covid-19 foi diferente entre esses países. O primeiro caso confirmado da doença no Brasil foi em 25 de fevereiro do ano passado. De lá para cá, o país concentrou 9,1% dos diagnósticos positivos de Covid-19 e praticamente 10% (9,95%) das mortes. Isso apesar de ter 2,7% da população mundial.

O relatório do estudo mostra que as tensões políticas levaram a polêmicas sobre isolamento social e uso de medicamentos que causaram danos extensos no combate à doença. Como se não bastasse, elas agora também prejudicam o planejamento da vacinação.

“Aproveitando a postura pública de Donald Trump, o presidente Jair Bolsonaro zombou do vírus e pressionou por uma inviável política de ‘isolamento vertical’, visando atingir aqueles que estão em maior risco para manter a economia aberta”, apontou o relatório. 

“Verdadeiro satanista!”, diz deputado bolsonarista sobre MP pedir igrejas fechadas na pandemia

Das redes sociais

O Ministério Público quer fechar igrejas durante o ápice da segunda onda do novo coronavírus.

Cidades estão com seus sistemas de saúde colapsados. Mesmo com isso, o deputado bolsonarista Filipe Barros (PSL-PR) ainda defende a abertura.

Em nome dos “bons costumes” e contra o “satanismo”.

Mandou essa no Twitter: “MP pedir o fechamento de igrejas nos mostra um completo desconhecimento da história do cristianismo, um desrespeito a laicidade do estado e, principalmente, que quem o pede é um verdadeiro satanista agindo para fechar igrejas, abalar a fé da população e distanciar o povo de Deus”.

Luciano Hang se revolta com governo Bolsonaro: “Passamos dois anos e nada foi feito”

Do Instagram

Luciano Hang, empresário bolsonarista dono das lojas Havan, se voltou contra o governo do Jair Bolsonaro (sem partido), acredite se quiser. O véio da Havan fez uma dura crítica.

Em vídeo que foi publicado nesta quarta 24, junto a bomba de um posto de combustíveis em Santa Catarina, Hang disse que se passaram dois anos e nada foi feito para diminuir o monopólio absoluto da Petrobrás no refino de combustíveis. Ele afirmou ainda que nenhuma empresa estatal foi privatizada, algo que era promessa de campanha do presidente. “Passamos dois anos e nada foi feito. Não privatizaram nada, não fizeram nenhuma reforma, a dívida pública cresce assustadoramente. Imagina você, se alguém ia emprestar dinheiro para você, sabendo que você não ia pagar. Quem precisa resolver esse problema urgente é o governo e o congresso. Tenham coragem de privatizar, de fazer as reformas”.

Disse que o monopólio da Petrobrás nos combustíveis faz com que a petroleira coloque o preço que quiser. Contudo, para confirmar a tese, ele mostrou a venda de gasolina da Petrobrás no Paraguai com um valor menor. Ele acredita que as reformas necessárias iriam impactar a alta do dólar e o combustível diminuiria de preço no Brasil. 

“Não há como respeitar jornalista que defende interesse dos donos dos veículos de comunicação”, diz Jean Wyllys

Das redes sociais

O jornalista e ex-deputado Jean Wylly, do Psol, mandou um recado para a jornalista Malu Gaspar, do Globo, que estreou uma coluna com a expressão “bolsopetismo” em que, na prática, defende a política de preços da Petrobrás, que suga recursos da sociedade brasileira e os transfere aos acionistas privados (sobretudo internacionais) da Petrobrás.

“Qualquer jornalista perde imediatamente meu respeito quando abre mão da honestidade intelectual em nome da defesa direta ou indireta dos interesses dos donos dos veículos em que trabalha, transformando-se em sicário da desinformação. Não há como respeitar!”, disse.

Brasil bate recorde de mortes e Bolsonaro combate uso da máscara

Do 247

Em sua live semanal desta quinta-feira 25, um dia após o Brasil bater a triste marca de 250 mil mortes em decorrência da Covid-19, o presidente Jair Bolsonaro tentou desincentivar o uso de máscaras de proteção, uma das principais medidas para evitar o contágio do coronavírus.

O titular do Planalto, como já é sabido, não tem o hábito de usar máscara e recorrentemente desrespeita decretos municipais que obrigam seu uso e proíbem aglomerações. O presidente, no entanto, parece querer que outras pessoas o sigam no mau exemplo e se exponham ao vírus. “Pessoal, começam a aparecer estudos aqui, não vou entrar em detalhes, sobre uso de máscaras. Em um primeiro momento aqui, uma universidade alemã fala que elas são prejudiciais às crianças”, disparou o presidente, sem dizer em qual universidade o estudo foi feito, quando e nem quem são os autores.

E tem “gente” que aplaude!

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui