Houve algumas mudanças em atividades e serviços (Imagem Ilustrativa)

A mudança da avaliação de risco potencial da região do Alto Vale do Itajaí para o nível gravíssimo, divulgada pelo Governo de Santa Catarina no sábado 20, impõe algumas mudanças em atividades e serviços, como forma de prevenção à transmissão do coronavírus.

Em Rio do Sul, decretos que apontam as restrições estão praticamente alinhados com todas as regras do governo de Santa Catarina. No nível gravíssimo, alguns setores precisam suspender as atividades ou funcionar com o volume de frequentadores reduzido, de acordo com a capacidade do estabelecimento.

Bares, restaurantes e lanchonetes tem o horário liberado por serem considerados essenciais, mas deve obedecer a critérios de capacidade e normas de distanciamento previstas pela Secretaria de Estado.

NÍVEL GRAVÍSSIMO EM RIO DO SUL

Atividades suspensas

– Esporte amador ou profissional, em que os participantes tenham contato entre si (basquete, futebol, futsal);

– Casas noturnas, boates ou casas de show.

Estão autorizados a funcionar, mas, com restrição de público

30% da capacidade:

– Cinemas;

– Teatros;

– Feiras;

– Exposições;

– Eventos em geral (casamentos, aniversários, formaturas);

– Missas, cultos ou outras atividades religiosas;

– Academias, Crossfit, funcionais, estúdios, escola de natação, hidroginástica, entre outros;

50% da capacidade:

– Parques aquáticos;

– Museus.

50% da capacidade (em todos os níveis):

– Comércio;

– Bares, restaurantes, lanchonetes.

75% da capacidade

– Transporte coletivo.

100% da capacidade (independente do nível)

– Hotéis, pousadas e similares.