Confira as datas dos processos seletivos do Prouni e do Fies em 2021

Em razão da pandemia do novo coronavírus, serão três edições de cada programa no próximo ano

0
56
As notas usadas para a inscrição na primeira edição dos processos seletivos devem ser a do Enem 2019, já que a edição 2020 também ocorrerá em janeiro (Foto: Marcelo Casal Jr/Agência Brasil) )

As inscrições para os processos seletivos do Programa Universidade para Todos (ProUni) e do Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior (FIES) no primeiro semestre de 2021 acontecerão no mês de janeiro. 

Segundo calendário divulgado pelo Ministério da Educação (MEC), para pleitear bolsas de estudos de 50% ou 100% em faculdades particulares pelo ProUni, é necessário se inscrever no site oficial do programa entre os dias 12 e 15 de janeiro do ano que vem. O resultado da primeira chamada será divulgado no dia 19 do mesmo mês. 

No entanto, diferente dos anos anteriores, as notas usadas no processo seletivo serão a do Exame Nacional do Ensino Médico (Enem) de 2019.

Isso porque a prova de 2020 foi adiada devido à pandemia do novo coronavírus e acontecerá justamente em janeiro, com resultados divulgados apenas em março.

A aplicação dos testes, dividida em duas etapas, está marcada para 17 de janeiro (Linguagens e Códigos, Redação e Ciências Humanas) e 24 de janeiro (Ciências da Natureza e Matemática). 

As etapas da edição-piloto da versão digital do Enem acontecerão em 31 de janeiro de 2020 e 7 de fevereiro, respectivamente. 

O mesmo acontecerá com as inscrições para o Fies. Como a nota do Enem 2020 só serão divulgadas posteriormente, as notas usadas na primeira edição do processo seletivo serão as do exame de 2019. 

As inscrições estarão abertas entre os dias 26 a 29 de janeiro e o resultado da primeira chamada deve sair dia 2 de fevereiro de 2021.

Lembrando que para o Fies pode se inscrever o candidato que participou do Enem a partir da edição de 2010, que tenha obtido média aritmética das notas nas provas igual ou superior a 450 e não tenha zerado na redação. 

Prova adicional

Além dos tradicionais processos seletivos do primeiro e do segundo semestre, de acordo com o presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), em 2021 os programas contarão com três provas.

A abertura de novas inscrições previstas para abril possibilitará que os candidatos utilizem o desempenho da prova de 2020. Dessa forma, caso o estudante tenha feito o Enem 2019, é possível se inscrever agora em janeiro e também em abril, com as notas da prova mais recente. (BdF)

::A dois meses das provas, materiais de apoio do Enem são disponibilizados pelo Inep :: 

Conforme divulgado pelo Inep, manter a inscrição tradicional em janeiro e criar um terceiro processo seletivo permite que os alunos aprovados iniciem o semestre letivo em fevereiro, sem maiores danos. 

O adiamento do Enem em meio à pandemia do novo coronavírus foi uma conquista dos estudantes e demais categorias da educação, que defenderam uma nova data para que os alunos, principalmente aqueles em condição de maior vulnerabilidade socioeconômica, pudessem se adaptar ao ensino à distância devido ao isolamento social.

Ainda assim, as novas datas não confluíram com o período considerado ideal pela maioria dos participantes de uma pesquisa online, colocada no ar pelo governo federal.

Pelo resultado da consulta públcia, a maior parte do estudantes preferia realizar o exame em maio de 2021. (BdF)

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui