Prefeitura de Rio do Sul abre vagas em caráter temporário

Há vagas para operador de máquina e motorista de caminhão, para trabalhar na recuperação de estragos causados pela chuva

0
92
(emprego temporário)

A prefeitura de Rio do Sul abriu edital de chamada pública, para contratação temporária, em caráter emergencial, de operador de equipamentos como bobcat, retroescavadeira, motoniveladora e motorista de caminhão. É uma maneira de contratar pessoas que possam ajudar no trabalho de limpeza da cidade após a enxurrada na semana passada. A cidade decretou situação de calamidade pública e várias regiões precisam de limpeza.

O edital prevê a contratação de até 12 pessoas, por prazo determinado no período de 180 dias. O vencimento é de R$ 2.090,76 para 40h de serviço semanal. Os interessados precisam ter experiência comprovada na função e carteira de habilitação equivalente.

Os interessados deverão dirigir-se a Secretaria Municipal de Administração e Fazenda de Rio do Sul – Departamento de Gestão de Pessoas, com documentos pessoais e documentos que comprovem a área, no horário das 7h30 às 13h30.

6 vagas de operador de equipamentos

Requisito: Alfabetizado e Carteira Nacional de Habilitação Categoria “C” ou superior.

Carga horária: 40h semanais

Salário: R$ 2.090,76

6 vagas de motorista de caminhão

Requisito: Ensino Fundamental. Carteira Nacional de Habilitação Categoria “D”.

Carga horária: 40h semanais

Salário: R$ 2.090,76

Pré-requisitos para os cargos

– Ser brasileiro nato ou naturalizado ou com visto permanente no Brasil;

– Estar em dia com as obrigações eleitorais e militares;

– Ter idade mínima de dezoito anos completos;

– Possuir idade máxima de 55 anos;

– Possuir aptidão física e mental para o exercício das suas atribuições;

– Atender aos requisitos para a vaga a qual concorre e cumprir todas as determinações deste Edital.

– Encontrar-se no pleno gozo de seus direitos civis e políticos;

– Não ter sido demitido ou exonerado por ato de improbidade, mediante decisão transitada em julgado em qualquer esfera governamental;

– Não ter sofrido penalidade por processo de sindicância ou administrativo-disciplinar.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui