Como está seu bem estar físico e emocional durante a pandemia?

Especialistas do SESI trazem orientações neste vídeo sobre como manter a saúde da mente e do corpo durante a quarentena

0
42
Viviane, Andressa e Francinéli (Foto: Divulgação)

Já se passaram mais de 160 dias desde que a pandemia de Covid-19 começou no Brasil. A preocupação com o bem-estar das pessoas tornou-se ainda mais importante durante esse período devido ao aumento nos casos de depressão.

Para nos sentirmos bem precisamos de alguns hormônios, que são produzidos pelo organismo por meio de atividades físicas, boa alimentação e cuidados com a saúde mental. Mas mudanças drásticas na rotina nos desafiam a permanecer em equilíbrio, conforme explica a educadora física do SESI de Rio do Sul, Viviane Gubert. Ela conversou sobre o assunto com a nutricionista do SESI de Lages, Andressa Ariotti e a psicóloga do SESI de Criciúma, Francinéli Becker.

“As incertezas em relação ao futuro sempre existiram, assim como ansiedade, depressão, estresse, violência doméstica, etc., mas esse período de instabilidades potencializou esses problemas, provocando um aumento na procura por atendimento clínico”, comentou Francinéli. Ela mencionou o que precisamos fazer para reduzir esses sintomas e preservar a saúde emocional.

A alimentação está intimamente ligada a essa questão, pois pode passar de um conforto para uma compulsão por comer, prejudicando a saúde física, segundo a nutricionista Andressa. Ela alerta que não existem alimentos milagrosos contra o coronavírus, mas reforça a importância dos nutrientes, da hidratação e da higienização para o sistema imunológico.

E como praticar exercícios físicos durante a quarentena? No início as academias e vias públicas ficaram fechadas, agora foram liberadas com restrições. “Esse setor evoluiu para os atendimentos on-line, as academias se adequaram para facilitar o acesso”, contou Viviane, que também deu dicas e alternativas para quem não tem o hábito de se exercitar.

Veja o que mais as três profissionais falaram para ajudar a atravessar essa fase difícil que estamos vivendo:  https://www.youtube.com/watch?v=1ULE4PzPTTg.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui