As indústrias esperam que o modelista saiba interpretar a proposta vinda do designer (Foto: Divulgação)

Para responder à demanda uma das etapas que evoluiu muito foi a modelagem, tanto para atender as evoluções nos tecidos, quanto para melhorar ainda mais a qualidade, conforme explica o presidente do Sinfiatec, Iuri Cristofolini, na live conduzida pela professora do SENAI de Rio do Sul, Bárbara Pavei. Confira no link: https://www.youtube.com/watch?v=Cts-jXOqZ-Q

“O profissional de modelagem deve ter conhecimentos em diferentes áreas e sobre as várias etapas da confecção. Enquanto estilistas, nós desenhamos, o papel aceita tudo, mas às vezes, na hora de materializar, de transformar o desenho em uma peça, há dificuldades”, explica Bárbara.

As indústrias esperam que o modelista saiba interpretar a proposta vinda do designer, que conheça tecidos, vestibilidade, que analise um protótipo, que identifique erros e consiga corrigir. Além disso, precisa conhecer os setores da empresa para adequar a modelagem às condições disponíveis, tornando a produção menos onerosa e diminuindo os resíduos.

“O sucesso de uma boa modelagem é a soma dos detalhes. O(a) modelista pode dar seu toque pessoal, mas também deve seguir os critérios técnicos. A modelagem se tornou um diferencial na moda. Com tantas opções no mercado é preciso inovar sempre e para isso é fundamental ter uma engenharia de produção, com modelistas no comando”, comentou Iuri. Segundo ele, as mudanças dos últimos seis meses, decorrentes da pandemia, afetaram também o comportamento dos consumidores. Pijamas se transformaram em roupas de usar em casa e as indústrias tiveram que se reinventar.

Ele também compara a modelagem com o trabalho de um engenheiro na construção civil. “O arquiteto projeta uma casa e o engenheiro transforma os traços em estruturas. O(a) designer é o(a) arquiteto(a) e o(a) modelista é o(a) engenheiro(a), que vai transformar os desenhos em uma peça de roupa, respeitando alguns requisitos”.

Para suprir a necessidade das indústrias por profissionais nesta área o SENAI de Rio do Sul está com vagas para o curso de Técnico de Modelagem do Vestuário. A duração é de um ano e meio. As aulas iniciam no dia 14 de setembro. Mais informações pelo WhatsApp (47) 9 8412-6117.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui