A cada grupo de 54 pessoas, uma já foi testada em Rio do Sul (Imagem Ilustrativa)

Pelo menos 1,3 mil pessoas já realizaram exames para covid-19 em Rio do Sul desde fevereiro, quando as primeiras pessoas com sintomas da doença começaram a buscar os serviços de saúde. A cada grupo de 54 pessoas, uma já foi testada na cidade. Até esta terça-feira 7, 164 destas pessoas tiveram a doença confirmada e no momento, apenas 30 são “ativos”, já que 133 não apresentam mais sintomas e são considerados recuperados. Um paciente já faleceu com a doença no município e atualmente, duas pessoas estão internadas no Hospital Regional Alto Vale com covid-19.

O morador de Rio do Sul que tiver febre alta, dores no corpo, tosse seca, dificuldade de respirar ou até mesmo perda do olfato ou do paladar pode se dirigir até o atendimento na UPA 24h, no Bairro Canta Galo. Provisoriamente a triagem é realizada em um anexo da unidade, enquanto a tenta é remontada depois do ciclone que atingiu a cidade na semana passada. A previsão é que a estrutura fique pronta nesta quinta-feira.

Cerca de 1,8 mil pessoas já passaram pela tenda da UPA que tem atendimento das 8h às 20h, inclusive aos finais de semana e feriado. A triagem é feita por equipe da Secretaria de Saúde e, caso necessário, o paciente é encaminhado para avaliação médica.

No Alto Vale do Itajaí, o número de casos positivos já passou de 620 somando todos os registros dos 28 municípios. O volume de recuperados é de ao menos 360. Nove pessoas já morreram e há seis internadas em hospitais da região.

O prefeito de Rio do Sul, José Thomé, mantém o alerta para a população sobre a necessidade do cuidado com a saúde de cada um e os métodos de prevenção. O uso de máscaras para entrar em estabelecimentos e órgãos públicos continua obrigatório, assim como no transporte coletivo. É importante ainda o cuidado com a higienização das mãos, seja com álcool gel ou água e sabão, e o distanciamento social, evitando aglomerações.

“Os números de Rio do Sul aumentam com certa constância e nós estamos muito atentos a isso. O ritmo de infecção da doença na cidade é considerado pequeno, mas pelo número de pessoas internadas em hospitais da região, precisamos nos cuidar muito. A doença torna-se perigosa se atingir pessoas do público de risco e a responsabilidade para que isso não ocorra é de cada um de nós”, salienta.

– Dados sobre a pandemia do coronavírus em Rio do Sul são atualizadas diariamente no site:

https://defesacivil.riodosul.sc.gov.br

– Dados de casos positivos e outras informações de todo o Alto Vale do Itajaí: https://bit.ly/DadosAltoVale_Covid-19

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui