Casa do Empreendedor de Rio do Sul vai mudar de endereço

Sede será no CINF, no centro. Atendimento deve ser interrompido entre 25 e 29 de junho para mudança

0
52
(Imagem Casa do Empreendedor)

A Casa do Empreendedor de Rio do Sul vai mudar de endereço. A partir de terça-feira 30, a central de atendimento para empresários e investidores estará no Centro de Inovação Norberto Frahm (CINF), no centro de Rio do Sul.

Por causa da mudança de endereço, deixando a atual sede na Rua Presidente Kennedy, o atendimento na Casa do Empreendedor não será realizado entre os dias 25 e 29 de junho.

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Paulo José Fiamoncini, salienta que a mudança de local mantém o padrão de serviços da Casa do Empreendedor e aproxima o serviço de outros setores e entidades importantes para o empresário. Além disso, haverá redução no valor pago de aluguel.

A Casa do Empreendedor de Rio do Sul é fruto de uma parceria da prefeitura, através da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e do Sebrae/SC que, por conta do Programa Cidade Empreendedora, tem espaço para atendimento a aqueles que querem investir, inovar, abrir empresas e fomentar a geração de empregos na cidade.

O principal objetivo é desburocratizar o processo de abertura de empresas. Há estimativas de que no Brasil demora-se em torno de 119 dias para que se consiga um alvará de funcionamento para um simples negócio. Segundo o secretário, muitas empresas já conseguem o documento em até cinco dias, dependendo do tipo de serviço realizado.

Serviços ofertados pela Casa do Empreendedor

1 – Orientação de cada setor: Plano Diretor, Meio Ambiente e Vigilância Sanitária;

2 – Orientações sobre plano de negócios;

3 – Orientações para formalização do negócio: abertura, alteração, baixa, inscrições municipal e estadual, emissão de nota fiscal (prefeitura);

4 – Atendimento de entidades empresariais;

5 – Atendimento para agências de microcrédito;

6 – Consulta de viabilidade Regin;

7 – Emissões de certidões de regularidade fiscal e tributária negativas;

8 – Abertura de empresa de todos os portes;

9 – Alterações cadastrais;

10 – Baixa de empresa;

11 – Cadastro no site da prefeitura para emissão de nota fiscal eletrônica;

12 – Orientações sobre para registro de inscrição estadual e emissão de nota fiscal para comércio;

13 – Declaração de Imposto de Renda (MEI) Portal do Empreendedor;

14 – Parcelamento de Débitos (MEI) Portal do Empreendedor;

15 – Emissão de Guias DAS Portal do Empreendedor;

16 – Orientações sobre legislação trabalhista pelo MEI Portal do Empreendedor;

17 – Orientações sobre licitações/compras municipais;

18 – Orientações sobre editais da prefeitura;

19 – Capacitações e consultorias diversas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui