Entre as atividades estão o rapel, caminhadas, cicloturismo, trilhas, tirolesa, montanhismo e outros esportes onde não há aglomeração de pessoas (Foto: ACPMI)

Após reunião realizada na noite de terça-feira 9, entre membros do Conselho Municipal de Turismo, foram definidas estratégias de retomada de atividades turísticas no município, de acordo com o um caderno de orientações voltado às atividades realizadas ao ar livre, desenvolvido pela Agência de Desenvolvimento do Turismo de Santa Catarina (Santur).

Uma das medidas adotadas será o desenvolvimento do selo “Turista Seguro”, que será afixado nas propriedades e estabelecimentos turísticos do município. De acordo com o diretor de Turismo de Ibirama, Norberto Weinrich, o Neco, uma comissão será formada dentro do próprio conselho para fiscalização desses estabelecimentos. “Os empreendedores do trade turístico terão que se adaptar a normas de prevenção e higiene definidas pela Vigilância Sanitária. Dessa forma, o turista se sentirá mais seguro ao utilizar estes equipamentos turísticos”, destacou.

Entre as atividades que serão retomadas em Ibirama, considerada Capital Catarinense do Turismo de Aventura, estão o rapel, caminhadas, cicloturismo, trilhas, tirolesa, montanhismo e outros esportes onde não há aglomeração de pessoas.

Durante a prática, participantes devem adotar medidas de prevenção, como uso de máscaras, distanciamento social de pelo menos 1,5 metro e higienização das mãos com sabão ou álcool em gel. Os gestores das atividades devem ofertar álcool gel, desinfecção dos equipamentos utilizados pelos participantes e exigir o uso de equipamentos de proteção individual.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui