Rio do Sul ultrapassa 100 casos positivos de coronavírus

Do total de infectados, 78 já estão recuperados. No Alto Vale do Itajaí, número de positivos passou de 200

0
374
O número de suspeitos na cidade mantém-se praticamente estável, com 17 casos, no momento, aguardando resultado de exames (Imagem Ilustrativa)

A Secretaria de Saúde de Rio do Sul já registrou 102 pessoas que testaram positivo para coronavírus na cidade desde o início da pandemia. Destas, 78 já são consideradas recuperadas, o que dá 76,5% do total. Os dados são desta terça-feira (9 de junho) e as atualizações diárias costumam ser apresentadas sempre ao final da tarde.

O número de suspeitos na cidade mantém-se praticamente estável, com 17 casos no momento ainda aguardando resultado de exames. E a quantidade de testes já realizados em Rio do Sul é de 663, tanto através daqueles feitos na Secretaria de Saúde, como em laboratórios particulares, que fornecem dados diariamente.

Um morador de Rio do Sul está internado na UTI do Hospital da OASE em Timbó, referência ao tratamento de Covid-19 para o Alto Vale do Itajaí, por determinação da Secretaria de Estado da Saúde.

O número de mulheres em Rio do Sul é maior do que o de homens infectados: 57 a 45. E a faixa de idade com maior quantidade é de pessoas entre 30 e 39 anos. Quatro pessoas com mais de 60 anos tem ou já tiveram a doença.

O médico da Secretaria de Saúde de Rio do Sul, Ricardo Ribeiro, ressalta que a população precisa manter todos os cuidados necessários para evitar o contágio do coronavírus. O uso de máscaras, distanciamento e a limpeza contínua devem ser mantidos. É importante evitar ainda as aglomerações e as saídas de casa sem necessidade, assim como a ida ao comércio ou supermercados em grupos.

O Alto Vale do Itajaí tem até as 14h desta terça-feira (9), 203 casos positivos e destes, 139 já estão recuperados, ou seja, apenas 31,5% são considerados ativos. No momento, apenas duas pessoas de toda a região estão internadas em hospitais. Os dados são de levantamento realizado em todas as Secretarias de Saúde dos 28 municípios da região disponível em plataformas digitais. De todas as cidades do Alto Vale, apenas Chapadão do Lageado, Presidente Nereu, Rio do Campo, Vitor Meireles e Witmarsum não tiveram registrado nenhum caso positivo até o momento.

Dados podem ser divergentes dos divulgados pelo Estado

A prefeitura de Rio do Sul tem diferentes formas de identificação de casos de coronavírus na cidade. Uma é a coleta de exames e encaminhamento para análise no Laboratório Central (Lacen), em Florianópolis. Estes resultados podem demorar de 5 a 10 dias para serem apresentados.

Outra maneira é o uso de testes rápidos encaminhados pelo Ministério da Saúde aos municípios. Atendendo a um protocolo médico, o paciente pode ser testado mediante alguns critérios como sintomas mais claros da doença. Este teste rápido é feito com a coleta de amostra de sangue e o resultado sai em pouco mais de 15 minutos. Sendo positivo, este resultado já pode ser incluído em relatório da Secretaria de Saúde e o paciente recebe as devidas orientações quanto a procedimentos para recuperação.

Existem ainda laboratórios e farmácias de Rio do Sul que realizam exames, sejam eles de testes rápidos ou de amostra nasal ou da faringe, e que também servem para levantamento de diagnóstico. Todos os dias, cada laboratório informa a quantidade de testes realizados e os resultados apresentados, podendo ser positivos ou negativos, também alimentando as informações da Secretaria de Saúde.

Todos os dados de exames municipais são encaminhados obrigatoriamente para o Estado, para que façam parte das estatísticas estaduais. Entretanto, há uma grande demanda de todas as cidades em repassar informações, o que acaba dando divergência de números no mesmo dia.