Jovem eleitor: seu voto tem superpoderes

Esse é o mote da campanha lançada pela Justiça Eleitoral no últimno fim de semana 24, em todo o Brasil

0
385
É importante que o jovem eleitor entenda o seu protagonismo e perceba a importância de seu voto (Foto: Divulgação/Internet)

Começou no domingo 24, a ser veiculada a nova campanha nacional da Justiça Eleitoral com foco no Jovem Eleitor. “Usamos a linguagem dos quadrinhos e dos super-heróis para falar com os cidadãos de 16, 17 e 18 anos – quem sabe alguns mais velhos também – e mostrar a importância da participação no processo eleitoral. Afinal, o nosso voto tem superpoderes”, explica Ana Cristina Rosa, assessora-chefe de Comunicação do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Com linguagem e apelo visual modernos, toda a ação para os jovens foi desenvolvida usando o conceito de ilustração, estilo quadrinho americano, e será a primeira a utilizar o conceito e a logomarca das Eleições 2020, que tem o slogan #SeuVotoTemPoder. No material produzido pelo TSE, diferentes jovens refletem sobre questões como mobilidade urbana, educação, espaços de convivência e destacam que seu voto representa seus interesses e posicionamentos perante os representantes eleitos. Ao votar, tudo pode mudar, afinal “seu voto tem superpoderes”.

“A ideia com a campanha é mostrar que o jovem empoderado pelo voto pode influenciar em questões de seu interesse. É importante que esse eleitor entenda o seu protagonismo e perceba a importância de seu voto e da sua participação como agente da mudança”, explica Ana Cristina Rosa.

A campanha foi toda pensada para o formato das redes sociais, que são hoje o canal de maior audiência entre o público jovem. “A ação terá conteúdo para rádio e TV, mas as peças foram idealizadas para os meios mais utilizados pelos jovens, como Instagram, YouTube, Twitter e Spotify. Estudos apontam que as pessoas passam, em média, 3 horas e meia por dia nas mídias digitais”, observa Ana Cristina Rosa.

Participação e inclusão

A campanha de rádio segue a mesma linha do que foi produzido para a TV, mas com um diferencial: os três jovens que gravaram os spots trabalham como estagiários ou jovens aprendizes no TSE.

A jovem aprendiz Rafaela Barbosa, de 16 anos, que trabalha no gabinete da Secretaria de Gestão de Pessoas diz que adorou a experiência e sentiu-se honrada em ser escolhida para ser porta-voz da mensagem. “Eu adorei a ideia de gravar em um estúdio profissional. E estou muito feliz de poder passar essa mensagem aos jovens da minha idade. Quem sabe eles podem refletir e entender que a nossa participação pode mudar o rumo do país”, destaca a jovem, que pretende tirar o título para votar nas próximas eleições.

Já o estagiário de Direito do TSE, João Victor de Souza, de 20 anos, lotado na Coordenadoria de Processamento da Corte contou que já tirou o título de eleitor e que votou nas Eleições de 2018.  “A experiência foi boa, pois é importante exercer ativamente o papel de eleitor. Todos nós que estamos entrando nessa fase adulta temos um cronograma muito novo, uma vida muito nova, por isso que eu acho que o jovem pode e deve ter acesso a informações sobre o processo eleitoral e a votação”, avaliou.

Marcos Paulo, de 17 anos, jovem aprendiz no gabinete do ministro Tarcisio Vieira de Carvalho Neto, disse que ainda não tirou o título, mas que irá providenciar.  “Eu gostei bastante de participar da gravação, pois foi uma experiência incrível. Acredito que poucos jovens têm essa oportunidade de falar para o Brasil todo sobre a importância de votar. É um grande feito”, concluiu ele.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui