Reunião da comunidade da Albertina com o executivo municipal (Foto: AscomRS)

A comunidade do Bairro Albertina em Rio do Sul terá à disposição uma unidade de saúde completa, não precisando mais se deslocar até o Bairro Laranjeiras ou a Policlínica, no centro, para consultas médicas e retirada de medicamentos. O anúncio foi dado pelo prefeito, José Thomé, e a secretária de Saúde, Sueli de Oliveira, em reunião com os moradores, na noite da segunda-feira 2. 

O projeto para reformar a antiga Padaria Escola, às margens da SC-350, está pronto e a execução passará por processo licitatório para que o espaço tenha características de uma unidade básica completa. A previsão é que até o fim do ano a unidade possa receber pacientes. “Não queremos uma simples pintura e alguns móveis, mas uma reforma que atenda às características de uma unidade de saúde, pois a comunidade do Bairro Albertina é numerosa e precisa de um local adequado”, ressalta o prefeito Thomé. A secretária Sueli salienta que se os moradores da Albertina e do Bom Fim tiverem atendimento em local próprio, a unidade do Laranjeiras terá mais qualidade para atender esta região, que abrange ainda o Sumaré. “É uma região que precisávamos reorganizar, por conta da alta demanda no Laranjeiras. Atendemos a um pedido muito antigo da comunidade, pois o deslocamento é muito grande até a unidade mais próxima”, destaca.

A Estrada Geral Albertina já está em obras de asfaltamento, como parte do projeto de melhorias em seis valadas de Rio do Sul, dentro do Programa Acelera Rio do Sul. Porém, de acordo com o prefeito Thomé, os 650 metros iniciais de obras não são suficientes para atender a comunidade. “Estamos com o projeto de mais um quilômetro pronto e sendo encaminhado para a licitação. Se fizermos em partes, fica mais fácil conseguir entregar uma obra que atenda ao pedido da comunidade”, salienta. O primeiro trecho está sendo asfaltado e tem investimento de R$ 850.889,94.

Cobrado sobre a possibilidade do projeto de uma terceira fase de obras, o prefeito adiantou que o projeto pode ser realizado, facilitando a obtenção de recursos. “Quando chegamos na prefeitura, existiam muitas promessas de obras nas comunidades, mas nem ‘croqui de Google’ havia. Com projetos e planejamento, passo a passo, podemos levar o asfaltamento para mais regiões. Pode parecer pouco pela extensão da rua, mas se cada um fizer sua parte, as promessas vão se tornando realidade”, enfatiza.

O secretário de Infraestrutura, Aldonir Xavier, deu detalhes dos projetos de pavimentação e outras obras que podem ser realizadas na comunidade, como a pavimentação da Rua João Eifler e o alargamento da Roberto Holler. Está em andamento ainda, a construção da ponte que liga o bairro com a comunidade do Bom Fim, facilitando o acesso dos moradores. “São projetos importantes e que atendem a necessidades mais urgentes na região”, salienta Xavier.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui