VW ID. 3 é revelado e deverá ser um dos carros elétricos mais produzidos

Marca alemã planeja entregar mais de 100.000 unidades por ano, abaixo dos 30 mil euros (R$ 133.500 em conversão direta). Veja mais de seus atributos

0
2873
Ao que tudo indica, entre os carros elétricos, o mundo verá mais VW ID. 3 nas ruas do que os outros (Divulgação)

A Volkswagen acaba de disponibilizar, na Europa, a pré-reserva do primeiro modelo de sua família de elétricos: o ID.3. Além disso, foram divulgados também mais detalhes da versão de produção, com plataforma específica para carros elétricos, pensado para ser o modelo de maior volume da VW em sua categoria. Sua chegada veio acompanhada de um site com mais detalhes sobre o futuro lançamento, que chega a mercados europeus em meados do ano que vem.

Uma das promessas mundiais entre os carros elétricos, o VW ID.3 custará, segundo a marca, menos de 30 mil euros (cerca de R$ 133.500 na conversão direta) em sua configuração de entrada, com bateria menor. Com isso, chega mais em conta que concorrentes como o Tesla Model 3, que parte de 35 mil euros (R$ 155.700) e BMW i3, que começa em 40 mil euros (R$ 178.000).

Entretanto, além do carro estar encoberto pela camuflagem, ainda não foram reveladas fotos do interior e nem o tempo estimado para recarga. Pelo que foi anunciado, mais detalhes e informações serão revelados apenas em setembro, no Salão de Frankfurt (Alemanha), onde haverá a sua apresentação definitiva. Infelizmente, nada foi dito sobre vir ao Brasil, pelo menos até o momento.

Segundo Jürgen Stackmann, membro do Conselho de Administração da Volkswagen, o ID.3 terá largura similar à do Golf e espaço interno de compacto médio, graças à ausência de motor a combustão e às baterias posicionadas sob o assoalho, que aumentam o espaço disponível na cabine. Além disso, o executivo também prometeu zero emissões de CO2 em toda a produção do carro, que prevê a reciclagem das baterias.

Pré-venda

As primeiros unidades que chegarão às concessionárias, para ser entregues imediatamente, são os da edição especial limitada a 30.000 unidades. Segundo a marca, essa leva tem equipamentos exclusivos, alto desempenho e bateria de tamanho médio. O preço ficará abaixo de 40 mil euros, e os clientes precisam se inscrever previamente no site e pagar um depósito de 1.000 euros (R$ 4.450). A produção do ID.3 1ST deve começar no final de 2019 e os primeiros veículos serão entregues aos clientes em meados de 2020.

Ao todo, a linha do ID.3 terá três opções de bateria, que geram 45 kWh, 58 kWh e 77 kWh. Segundo a VW, o modelo de entrada roda até 330 km com uma carga, enquanto a versão intermediária e a 1ST, têm 420 km de autonomia. Por fim, a mais sofisticada pode chegar a 550 km. Vale ressaltar que a configuração mais em conta, que virá na sequência, teve a garantia de Stackmann em um de seus depoimentos, no qual disse que “se o consumidor quiser rigorosamente um carro pelado, ele vai ter”.

A edição especial do VW ID.3 tem quatro opções de cores e três configurações de equipamentos/acabamento. Entre eles, rodas maiores, controle de voz, sistema de navegação, design interior e exterior bicolores, teto de vidro panorâmico e head-up display com realidade aumentada. Pode-se considerar que, entre os carros elétricos, o alemão será um dos primeiros a aumentar a acessibilidade para as novas tecnologias.

Fonte: Carros – iG

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui