Consumidores preferem contratar internet de provedores regionais, diz estudo

Eficiência do atendimento telefônico e capacidade de resolução dos problemas estão entre as qualidades que favorecem prestadores de menor porte

0
249

Estudo da International Data Corporation (IDC) encomendado pela Associação Brasileira de Softwares (Abes) estima que os provedores regionais de internet aumentarão sua participação em 5% em 2019, ultrapassando a marca de 25% do total de conexões de banda larga fixa no país. No ano passado, este grupo de empresas respondeu por mais de 90% dos 2,2 milhões de novos acessos, segundo dados da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). O número indica claramente uma preferência do consumidor brasileiro por provedores de menor porte.

A última pesquisa de satisfação do usuário feita pela Anatel em todo Brasil reflete os motivos pelos quais o consumidor tem escolhido o serviço de banda larga de provedores regionais. De maneira geral, eles tendem a estar mais satisfeitos com os serviços oferecidos do que os clientes das grandes operadoras. As notas mais altas registradas pela pesquisa da Anatel foram alcançadas por Copel (PR), Brisanet (CE) e Unifique (SC). A telecom de Santa Catarina foi a melhor colocada em três dos sete indicadores: atendimento telefônico, capacidade de resolução dos problemas e qualidade dos serviços de reparo e instalação.

Fundador e presidente da empresa, Fabiano Busnardo acredita que a satisfação do cliente apontada pela pesquisa Anatel é resultado de uma estratégia de proximidade com os consumidores. Além de lojas físicas, a empresa tem suporte 24 horas por dia, 7 dias na semana para atender 150 mil acessos que incluem serviços de banda larga, TV por assinatura e telefonia digital. “Sentimos o resultado dessa estratégia nas vendas – 80% é decorrente da recomendação de atuais clientes”, afirma. Presente em 116 cidades catarinenses, a Unifique cresce em média 35% ao ano.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui