O que é que a banana tem?

Nutricionista sugere formas diferentes de se comer a fruta, inclusive de noite

0
141

Quem nunca ouviu da mãe ou da avó o conselho para não comer banana à noite, por que faz mal? Com certeza você já escutou, seja na infância ou até mesmo hoje em dia, que comer a fruta tarde da noite não é bom.  

Segundo a especialista em nutrição, Viviane do Lago isso é um grande mito. Na verdade, o processo de digestão de algumas pessoas pode ser mais lento e trazer essa sensação de estufamento, mas não é necessariamente por conta da banana. Ela ressalta que, devido a quantidade de triptofano existente na fruta, comê-la no período noturno pode até trazer qualidade de sono.

Além de esclarecer esse mito, a nutricionista

também explica os benefícios nutritivos da banana.

“Tem bastante potássio, que é o clássico da banana. Às vezes a gente deixa de comer banana por achar que ela engorda, mas na verdade quando a pessoa está inchada ou tem uma retenção muito grande de sódio, de líquido, o potássio vem para equilibrar e ajuda para desinchar. A banana tem uma boa quantidade de fibra e que não faz muita diferença entre um tipo de banana e outro, na verdade, a diferença é mais no tamanho mas ela tem boa quantidade, o que ajuda no funcionamento do intestino, redução de colesterol e até mesmo da glicemia”.

Viviane também sugere formas

diferentes de se comer a fruta, inclusive de noite.

“Cozinha a banana e depois coloca a canela e aveia, para dormir é uma ótima opção, principalmente porque ela está quentinha ajuda muito na qualidade de sono e supre o doce, uma outra opção para suprir o doce, é cortar a banana em rodelinhas e congelar e depois dela congelada, bater no liquidificador então usa essa base como sorvete e bate com outras frutas vermelhas, se quiser”.

É possível encontrar cultivos de banana em qualquer região do Brasil. Também temos uma diversidade enorme de variedades, como a Nanica, Williams, Prata, Branca, Pacovan e Maçã.

De caule suculento, subterrâneo e de coloração verde-clara, as bananas possuem flores em cachos, que surgem a partir do chamado “coração” da bananeira. Considerada por muitos a fruta perfeita, ela possui muitas qualidades: amadurece aos poucos quando fora do pé, o que facilita a colheita e o transporte; possui baixo custo de produção e dá frutos durante o ano todo. Além de ser extremamente rica em nutrientes para saúde humana.

O agricultor e técnico em Agroecologia pelo MST, o Movimentos dos Trabalhadores Rurais Sem Terra, Daniel José da Silva, mora no assentamento Carlos Lamarca na cidade de Itapetininga, em São Paulo, e fala da importância da banana para a soberania alimentar.

“A banana, no sistema orgânico que a gente trabalha, já têm essa intenção da produção de tirar o cacho para venda e para fazer o adubo, porque ela é muito rústica e produz bastante biomassa, que alimenta a vida do solo e serve de adubo. Então, a gente usa ela tanto para alimentação quanto para adubar. Um dos pilares da nossa luta é a questão da soberania alimentar. Quando se coloca uma produção simples, todo mundo pode ter acesso e garantir a subsistência da família e consegue gerar renda. É muito importante ter essa cultura no sistema de produção.”

Segundo o agricultor, depois de plantada, a bananeira demora cerca de um ano e meio para começar a dar frutos. Mas, ele garante que assim que o pé frutifica, ele produz durante o ano inteiro, isso porque a banana é muito resistente às estações do ano.

Edição: Michele Carvalho – BdeF

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui