Foto: Alesc - Ex-prefeito de Rio do Sul, Garibaldi Antônio Ayroso, o Gariba

Administração municipal 2017/2020: Herança bendita do Gariba

O irmão do prefeito José Eduardo, de Rio do Sul, o outro José, enviou-me e-mail apontando as obras realizadas pela administração municipal. Também, recebi da Ascom – Assessoria de Comunicação do alcaide, a relação de 111 obras executadas. Parabenizamos! Mas vale destacar, que muitas são “heranças benditas” da administração Gariba/Jean.

Trocando em miúdos…

Os mutirões de Saúde deveu-se muito a excelente administração do vereador Chico da Rouxinol, na Câmara, que devolveu somas consideráveis ao executivo em 2017 e, que prossegue com o James Bombeiro, que preside o legislativo em 2018. A Saúde vai relativamente bem pela ação do “guru” Paulo Cunha, que deu uma patinada no caso dos exames médicos, mas se recuperou de seu delírio momentâneo.

A Educação vai bem graças ao trabalho da vereadora-secretaria Janara Mafra, mulher empreendedora, de ação e de visão. As verbas carimbadas do setor permitem que ela execute um bom trabalho.

No setor de Obras, agora reforçado com Ítalo – cota Milton Hobus – as coisas não andam muito bem. “Alguém já sugeriu uma solução: colocar os buracos pequenos dentro dos grandes”.

As grandes obras prometidas em campanha continuam no papel. Com o governo golpista, do qual o partido do prefeito, o PSDB, foi o grande responsável, acredito que assim ficarão até o final da atual administração. As intenções são boas, mas de gente bem intencionada, o inferno está cheio.

Enquanto isso! Cumprimentos pelo o que realizou. E a vida que segue!

Pois é: Para melhor ou pior? Você decide!

Um amigo idoso perguntou-me: – “Vamos ter eleições em outubro ou é mais uma enganação?”

“Estão marcadas para 7 de outubro”, minha resposta. “Por que?”

Ele respondeu: “É que nenhum candidato me procurou! Sabem que tenho uma família grande e nas eleições anteriores sempre fui assediado”. E prosseguiu: “Vou votar no Lula e os demais vou anular. Tenho escutado que deputados e senadores são os responsáveis pelos nossos maiores problemas. Apoiaram o Temer e a quadrilha dele e o resultado está aí … Muita gente passando fome, um governo para os ricos, banqueiros e corruptos”.

De fato, os brasileiros que vinham comendo quatro vezes ao dia nos últimos anos, depois da cassação da presidenta Dilma e, a consequente ascensão de Temer e companhia bela, comem uma ou duas vezes ao dia e devagar porque comem pouco. Isso quando têm!

Não se deve deixar de votar! Votar sempre, mas com inteligência, analisar e verificar quem é o candidato que está pedindo seu voto. O que fez na vida pregressa e, se está querendo se reeleger, quais foram suas atitudes, projetos que apoiou e o trabalho no Congresso Nacional. Analise se ele esteve ao lado dos povo ou dos poderosos?

Lembre-se, que não é colocando armas na mão do povo que se solucionará os problemas de segurança. Violência gera mais violência. Não é prendendo traficante pé de chinelo que se acaba com o tráfico de drogas. Não é acabando com as empresas que se extingue a corrupção. Não é com juiz legislando, porque os legisladores deixam de cumprir seu papel, que teremos leis justas.

Legisladores (deputado e senadores) que devem criar leis e os juízes, apenas zelar pelo cumprimento delas e ditar punições, quando não cumpridas, mas dentro dos preceitos legais.

Em democracia existem três poderes: executivo, legislativo e judiciário. Com os três trabalhando em harmonia, cada um no seu quadrado, cada um executando o trabalho que lhe foi destinado pela Constituição, tem-se uma democracia forte, atuante e em que o povo governa, uma vez que “todo o poder emana do povo”. Não dos juízes, desembargadores, ministros do supremo, promotores e procuradores.

O que se tem no Brasil? Um executivo podre, fraco e abominado pelo povo. Uma quadrilha que invadiu o Palácio do Planalto. O legislativo composto, em sua maioria, por vendilhões, corruptos e desassociado do povo e dos interesses da maioria da gente brasileira. E para afundar a nação, o judiciário politizado se atribuindo o papel de constituinte. Tudo errado!

A mudança deve começar com o voto consciente. Um presidente que seja povo, do povo e pelo povo. Deputados e senadores que defendam os interesses da gente brasileira, as riquezas, as terras, o petróleo, a indústria e que executando seu trabalho devolvam os ministros do supremo às suas funções de guardiões da Constituição Federal, que está sendo vilipendiada por eles. Um legislativo forte, atuante e, sobretudo, honesto que crie mecanismos para acabar com a ditadura da toga e da grande imprensa golpista, o famigerado “PIG” – Partido da Imprensa Golpista, liderado pela, não menos famigerada, plim-plim.

As mudanças que desejamos PARA MELHOR está na ponta dos seus dedos e o dia está chegando: 7 DE OUTUBRO.

C U R T A S

# Como anda a campanha dos candidatos do Progressistas, Chico e Nilson, à assembleia e câmara federal? Um passarinho me confidenciou que o Chico estaria meio devagar por pressão de candidato que busca a reeleição, cujo partido coligou com o dele. Será?

# Política & politicagem? Alguns velhos políticos ou políticos velhos não acordaram à realidade, de que estamos caminhando ao final da segunda década do Século XXI e continuam com as velhas práticas … favorzinhos, caixa 2 (no escurinho), cheques para prefeitos de emendas com festas e tambores… E assim vai! O povo esclarecido quer trabalho. Que façam jus ao salário e penduricalhos.

# Maria Helena, a querida Kika, começou bem sua campanha á ALESC, falando a língua do povo. De repente, creio que por obra e graça de seus idealizadores, ficou elitizada, com linguagem mais rebuscada. A Kika é a Maria Helena simples, humilde… Filha do saudoso Zezo Zimmermann e sobrinha da inesquecível Irmã Elizabete. É essa que o povo quer.

# Se busca a renovação e não se identifica com a Kika, que é do PR, está aí, à disposição do eleitor, Jean de Liz (PT). Jovem, dinâmico e repleto de ideais e ideias. O filho do saudoso “Seu Neno”, com pouco mais de 30 anos, tem no currículo dele, grande lista de relevantes serviços prestados à comunidade.

# Existem outros nomes da região do Alto Vale sem vícios políticos. Bons profissionais em suas áreas de atuação podem significar renovação, uma nova maneira de fazer política, sangue novo no legislativo catarinense e na Câmara em Brasília: JORGE GOETTEN E NILSON STAINSACK, deputados federais e Chico da Rouxinol, deputado estadual.

# Existe, ainda, a opção dos candidatos que buscam a reeleição, Milton e Peninha. O importante é votar em candidatos da Região. Só assim teremos um Alto Vale com maior representatividade e com voz ativa em Florianópolis e Brasília.

# Em uma semana, durante os dias 21 a 27 de agosto de 2017, foram registradas 1.195 mortes violentas. Dessas mortes, 687 inquéritos continuam abertos e menos da metade já tem um autor identificado. Até agora, há 30 casos julgados. Sabe-se que a maioria das mortes foi por arma de foto. (E temos candidatos que querem liberar geral à população acesso a armas de fogo.)

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui