PT homologa candidatura de Dirceu Dresch a deputado federal

Convenção estadual foi realizada em Blumenau

0
66
Décio e Dirceu. Convenção estadual foi em Blumenau - Foto: Assessoria de Imprensa

A pré-candidatura de Dirceu Dresch a deputado federal nas eleições deste ano foi homologada durante a convenção estadual do Partidos dos Trabalhadores de Santa Catarina, realizada neste domingo (5), em Blumenau. No ato foi oficializada a candidatura de Décio Lima ao governo do Estado. Ele terá como vice o ex-prefeito de São Domingos, Alcimar de Oliveira (Kiko).

Também foram homologadas as candidaturas da ex-senadora Ideli Salvatti e do ex-desembargador Lédio Rosa como nomes do partido ao Senado, além das chapas de candidatos a deputados federais e estaduais.

Atual deputado estadual, com experiência e um currículo de projetos aprovados e ações desenvolvidas em três mandatos, o líder do PT na Assembleia Legislativa, Dirceu Dresch, fala sobre o novo desafio:

POR QUE NÃO DISPUTAR A REELEIÇÃO?

Porque acredito e defendo a renovação na política. A população catarinense já me deu a confiança de representá-la em três mandatos de deputado estadual. Agora é preciso abrir espaço para as novas lideranças do Partido dos Trabalhadores. Conquistar uma cadeira de deputado federal é um grande desafio, para o qual estou motivado e preparado. Temos um trabalho de resultado para mostrar à sociedade, do qual tenho muito orgulho, e propostas para bem representar a população do nosso Estado, defender os direitos da classe trabalhadora em Brasília.

COMO O SENHOR ENCARA ESTE NOVO DESAFIO ?

O país passa por um momento muito difícil a partir do golpe do impeachment contra Dilma, com a deterioração de questões fundamentais a cidadania, a democracia e aos direitos constitucionais. Insurgir-me contra tudo isso é a minha motivação para colocar meu nome na disputa de uma vaga na Câmara dos Deputados. Agradeço ao meu partido pela oportunidade. Temos um desafio grandioso, que é eleger Lula Presidente, bem como uma bancada que lhe garanta a governabilidade. Nosso foco é fazer o Brasil retomar o crescimento com distribuição de renda e justiça social, restabelecer os direitos da classe trabalhadora, defender a aposentadoria pública, a soberania e os projetos para Santa Catarina se desenvolver, como é o casso das ferrovias.

A EXPERIÊNCIA CONTARÁ A FAVOR ?

Só a experiência não. Mas o resultado dela, sem dúvida. Não comecei na política como deputado. Comecei na pastoral da juventude e no movimento sindical, lutando e conquistando políticas públicas para os trabalhadores do campo e da cidade. Essa experiência, o trabalho em coletivo, foi o que me levou à Assembleia Legislativa. Na Alesc, com diálogo e liderança, construímos um mandato de resultados, com projetos aprovados em prol do desenvolvimento socioeconômico, de geração de emprego e renda, exigindo o bom uso do dinheiro público, combatendo privilégios e garantindo obras e presença nos municípios. É com essas credenciais, e com a humildade de sempre, que disputarei estas eleições.

Da Assessoria de Imprensa

 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui