Estudantes da rede pública terão aula de robótica no SESI

Com olhares tímidos e curiosos, os alunos vislumbraram pela primeira vez o mundo novo da metodologia Maker

0
38
A primeira etapa foi de apresentação do espaço

Uma turma formada por alunos do 7º e 8º ano do Ensino Fundamental, do CEPLAS e da Escola Modelo Ella Kurth, começou a participar na quarta-feira 8, da Oficina Tecnologia e Robótica, no Espaço Maker do SESI, em Rio do Sul.

A oficina faz parte do Programa de Educação Tecnológica, do Serviço Social da Indústria (SESI), entidade da FIESC. O curso terá duração de 80 horas, com aulas uma vez por semana, no contra turno escolar, até o mês de dezembro. A primeira etapa foi de apresentação do espaço e dos materiais, com uma metodologia lúdica para despertar a curiosidade e a criatividade dos estudantes.

O projeto é piloto e foi viabilizado por meio de parceria entre o SESI e Prefeitura Municipal de Rio do Sul. “Estou feliz com esse resultado. Lembro das conversas que tivemos para chegarmos até aqui. Agora, com essa parceria, poderemos oferecer uma atividade a mais para o desenvolvimento pessoal dos estudantes”, disse o prefeito José Eduardo, citando também outras ações do poder público na área da educação.

O SESI oferecerá a infraestrutura, o material, o professor e o lanche. “Quando a gente abriu o Espaço Maker dentro da escola do SESI nosso objetivo foi também oportunizar que crianças de outras redes pudessem ter acesso a esse aprendizado com a tecnologia. Nós falamos tanto em mudanças, em envolver outras competências além das que são trabalhadas na escola e a robótica vem no encontro disso”, explicou Aline Leandra Coelho, coordenadora de Educação do SESI de Rio do Sul.

Quatro educadores da rede municipal e dois servidores públicos também acompanharão as atividades para aprenderem junto com as crianças. “Estamos muito gratos por esta oportunidade de ampliar as atividades extracurriculares fora das fronteiras da escola. Quem sabe a robótica nos ajude a projetar para o futuro novos cientistas, empreendedores, pessoas que conseguem planejar e realizar seus sonhos com garra!”, comentou a diretora das Escolas Integrais, Adriana Bonaldo, incentivando os jovens no primeiro dia. “Esse aprendizado vai mudar suas vidas para melhor. Nós temos orgulho de vocês e estamos muito contentes, pois oferecer aulas de robótica é um sonho antigo”, ressaltou a Secretária Municipal de Educação, Janara Mafra.

Deste grupo deverá sair três times para participar do torneio estadual de robótica, FIRST LEGO League, que acontecerá em outubro, em Rio do Sul.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui