Agronômica recebe Jornada Técnica de Apicultura

Evento é resultado de parceria entre Sebrae/SC, Epagri e FAASC

0
101
Para o seminário são esperados cerca de 120 apicultores do Alto Vale

Agronômica foi a cidade da região do Vale do Itajaí selecionada para receber a Jornada Técnica de Apicultura, que tem por objetivo capacitar cerca de 1.200 produtores e lideranças da apicultura em todo o Estado. O seminário no município ocorre no próximo dia 20, no Centro de Treinamento da Epagri, onde são esperados cerca de 120 apicultores.

Em Santa Catarina, a parceria entre Sebrae/SC, Epagri e Federação das Associações de Apicultores e Meliponicultores de Santa Catarina (FAASC) vai oferecer encontros, palestras, visita técnica em empresas e um consultor do Sebrae estará à disposição para orientar os profissionais da área.

“Sabemos o quanto o setor de apicultura é relevante para o Estado. É uma atividade que tem no modelo associativista e cooperativista sua essência. Além da produção de mel e de outros “apiderivados”, como própolis, cera, geleia real, Santa Catarina tem na locação de colmeias para polinização de maçãs uma importante atividade, que de um lado rentabiliza o apicultor, e do outro, garante a produção de uma das principais culturas de SC. A realização de capacitações é fundamental para manter a apicultura estadual competitiva e sustentável”, explica Alan Claumann, Analista do Sebrae/SC.

Outra atuação no setor apícola ocorre na Serra Catarinense, onde o Sebrae, a Epagri, a UFSC e a AMURES tem executado um projeto de reconhecimento da notoriedade e singularidade do mel de melato de Bracatinga, o qual tem sido cada vez mais procurado pelo mercado internacional e tem um bom valor de venda. Ao final do processo, o objetivo é obter a Indicação Geográfica desse produto, outorgada oficialmente pelo INPI, buscando valorizar ainda mais esse mel, agregando mais valor e divulgando sua procedência em todos os mercados, incluindo o Europeu, onde hoje é principalmente comercializado.  

No Brasil, o setor da apicultura cresce de forma exponencial. Santa Catarina é o 4° maior estado em produtividade, com 315 mil colmeias. São aproximadamente 10 mil famílias que dependem desse setor, onde 80% delas têm a apicultura como principal atividade econômica. Além disso, Santa Catarina produz anualmente 6,5 mil toneladas, das 45 mil produzidas em todo o País.

Em 2016, o Estado foi o maior exportador de mel do Brasil e recebeu o prêmio de melhor mel do mundo em concursos durante os congressos mundiais de apicultura realizados na Ucrânia (2013) e Coréia do Sul (2015).

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui