Santa Clara: Associação dos moradores e prefeitura definem pavimentações

Em 15 dias iniciam as reuniões com os moradores de cada rua e a prefeitura para dar prosseguimento ao processo de pavimentação comunitária

0
1271

A Associação dos Moradores do Alto Laranjeiras Santa Clara, em Rio do Sul, reuniu os moradores na noite de quinta-feira 15, no CEI Augusto Bosco, para definir com a prefeitura o processo de pavimentação de ruas no Loteamento Santa Clara e a Travessa Sete Quedas. Em torno de 70 moradores participaram da reunião, que ainda contou com a presença de vereadores e de assessores de vereadores, do secretário de Infraestrutura, Fábio Alexandrini e do assessor de pavimentações, Tarcísio Testoni.

Os projetos de pavimentação de cinco ruas do Loteamento Santa Clara foram concluídos e devem constar do programa de melhorias da prefeitura. A ideia é que através de nova lei, chamada de “Pavimentação Comunitária”, os moradores possam receber a pavimentação da via por meio de parceria entre cada proprietário e a prefeitura. O projeto de lei está em discussão na Câmara de Vereadores.

Mas enquanto não é votado, Alexandrini já iniciou os projetos das ruas, pela grande necessidade e cobrança da comunidade do Alto Laranjeiras. Isso possibilita maior rapidez na burocracia e realização da obra assim que os acordos forem fechados pelos moradores em cada uma das ruas selecionadas. As reuniões devem iniciar no início de março. A primeira reunião será com os moradores da Rua Bom Jesus da Lapa, na residência de Maurina Hack.

Os projetos valem para as ruas Bom Jesus da Lapa, Imigrantes, Pampas, Lisboa, São Judas Tadeu e Ribeiro Preto. Algumas ruas já têm rede de drenagem, o que facilita a melhoria. A Ribeirão Preto, por exemplo, ainda precisa de projeto de obra de contenção por conta do relevo do local, além de nova drenagem, evitando deslizamentos, enxurradas e alagamentos futuros. Moradores reclamam de que quando chove forte têm suas residências invadidas pela água.

A pavimentação destas ruas será com paralelepípedos, que foram removidas da Rua Rui Barbosa e estão estocados no próprio bairro. Isso também ajudará a reduzir custos para os moradores.

Outra rua na localidade, ainda sem denominação, precisa ter o projeto de lei aprovado pela Câmara de Vereadores para que possa receber a obra pública. Vereadores e assessores parlamentares assumiram compromisso de encaminhar projeto de nominação nas próximas semanas.

A Travessa Sete Quedas terá que ser pavimentada com asfalto, pois se trata de uma via de trânsito mais pesado e corredor de ônibus, sendo o principal acesso ao Loteamento Santa Clara. De acordo com o secretário Fábio Alexandrini, o projeto de pavimentação dessa rua já foi elaborado pela gestão anterior. Agora vai passar por negociação com os moradores. A primeira reunião será marcada nos próximos dias.

“Realizamos essa reunião porque esse processo de pavimentação já havia iniciado em 2016 e a Associação dos Moradores já realizou várias reuniões e protocolou documento na prefeitura revindicando a retomada da pavimentação dessas ruas. São os moradores que sentem os problemas, então é justo e correto que eles tenham a oportunidade de apontar as soluções”, disse o presidente da Associação dos Moradores do Alto Laranjeiras Santa Clara, Aurio Gislon.

Luciana Hack Wolf lembrou que os carnês de IPTU já chegaram e os moradores não aguentam mais pagar seus impostos e continuar enfrentando poeira e lama.

A pavimentação trará muitos benefícios aos moradores, que cobraram muito pelos projetos em reuniões no ano passado, inclusive com o prefeito. “Não é possível realizar a pavimentação sem projeto executivo, acompanhamento técnico e responsabilidade legal. Havia um plano de pavimentação para aquela comunidade mas não havia projeto algum. Então decidimos dar prioridade a esta comunidade e, em breve, vamos ver as obras sendo realizadas”, garantiu Alexandrini.

A Associação dos Moradores vai manter o contado com a prefeitura e agendar as reuniões com os moradores de cada rua a partir do início de março, conforme ficou decidido na reunião. O membro da diretoria da Associação, Diego da Cruz, vai pegar cópia do projeto da Travessa Sete Quedas, por ser uma obra mais cara, e entregar a vereadores para que auxiliem a Associação na busca de Emenda Parlamentar Federal. A assessora parlamentar do vereador Mário Sérgio Stramosk, Maria Helena Zimermann (Kika), participou da reunião e disse que vai ser parceira. Além dela estava presente o assessor da vereadora Zeli da Silva, Felipe Batisti, e os vereadores Cariso Sávio Giacomini, James Rides da Silva (Bombeiro) e Fernando Cesar Souza (Nandu). Todos disseram que vão agilizar o processo de votação na Câmara do projeto de Pavimentação Comunitária e de nominação de ruas.

“Agradeço os moradores, os dirigentes da Associação, os vereadores e assessores e a prefeitura pela presença nessa importante reunião. Acredito que com organização e diálogo vamos buscar o melhor para nossa comunidade, em benefício da coletividade, que vai refletir na melhoria da qualidade de vida de todo o município”, salientou Aurio Gislon, presidente da Associação dos Moradores do Alto Laranjeiras Santa Clara.

Fábio Alexandrini apresenta projetos à comunidade | Foto: Aurio Gislon