Como prevenir a Nefrite

0
4281

A inflamação dos rins, também conhecida como nefrite, é uma doença muito comum. Segundo o gerente de hemodiálise da Fundação Pró-Rim – referência nacional em tratamento e transplantes renais -, Dr. Paulo Cicogna, a doença tem tratamento, mas é preciso identificar o problema o quanto antes e adotar hábitos saudáveis na alimentação.

Confira a entrevista completa:

1 – O que é Nefrite?

Nefrite é uma síndrome que causa inflamação do rim. É um conjunto de doenças que pode ter várias causas. Uma delas, por exemplo, é a ingestão exagerada de medicamentos. O rim é um órgão muito sensível ao uso de remédios e a utilização indiscriminada, por longo tempo, pode até fazer o rim parar de funcionar.

2 – Quais os medicamentos que mais prejudicam os rins?

Entre os remédios mais agressivos para os rins estão os anti-inflamatórios, conhecidos como diclofenaco. Eles são muito eficientes, porém, perigosos, se tomados sem a recomendação médica. Aliás, qualquer tipo de automedicação indiscriminada é um sério risco à saúde.

3 – A medicação de uso contínuo, para controlar a pressão alta e o colesterol, também pode afetar os rins?

Em relação a esses remédios os efeitos são bem reduzidos, uma vez que a sua formulação já foi testada para uso prolongado e são raros os casos de danos aos rins.

4 – Quais são os sintomas da Nefrite?

Normalmente quem desenvolve um quadro de nefrite aguda apresenta inchaço das pernas, do rosto e até do corpo todo. Também ocorre aumento da pressão arterial e vai diminuir o volume de diurese, ou seja, a quantidade de urina que a pessoa faz. Basicamente, estes são sintomas da nefrite.

5 – O que pode ocorrer a partir daí?

Pode chegar à insuficiência renal aguda. Então, o rim para de funcionar por certo tempo. Durante esse período é preciso fazer algum tratamento para substituir a função do rim, inclusive hemodiálise.

6 – Álcool, fumo e alimentação inadequados agravam o quadro da nefrite?

Esses componentes sempre agravam qualquer tipo de doença. Fragilizam o nosso organismo e consequentemente podem trazer complicações às nefrites. Alimentação errada causa obesidade e obriga o rim a um esforço maior.

7 – O que fazer para se prevenir da nefrite?

É importante fazer anualmente um exame de creatinina que é simples e barato. Este exame revela como está a função do rim. É fundamental também ter muito cuidado com os remédios que se toma e só fazer isso sempre com orientação medica. Ao sentir que algum medicamento não faz efeito ou traz efeitos anormais, avise ao médico para trocar a medicação.

8 – A creatinina detecta especificamente nefrite?

Detecta alteração da função renal. A partir daí o médico vai fazer uma investigação até chegar à nefrite.

9 – A Nefrite pode atingir também crianças e adolescentes?

A nefrite pode acometer pessoas de todas as idades. Uma das causas que mais afeta crianças é a glomerulonefrite pós-estreptocócicas. É um nome complicado, mas, simplificando: se a criança tiver uma dor de garganta ou infecção de pele, essa bactéria que causou a infecção vai alterar o corpo e causar uma nefrite. Esses casos acontecem mais em crianças e adolescentes.

10 – O que significa doença autoimune?

Doenças autoimunes ocorrem quando o organismo desta pessoa acha que o rim dela está atrapalhando o seu corpo e então começa a atacar esse rim. Esses casos acontecem em qualquer faixa etária e cada uma pode ter um quadro clínico diferente

11 – Essa doença provoca dores?

Em alguns casos ela pode causar dor, mas normalmente não dói. Os principais sintomas, como já disse, são os inchaços, edemas, alteração na cor e volume de urina

12 – Como é feito o tratamento?

Normalmente o médico atua na retirada dos sintomas porque são poucos os casos que evoluem para insuficiência renal. Uma das primeiras providências é tirar o sal da dieta, controlar a quantidade de líquidos que a pessoa ingere e usar remédios anti-hipertensivos, ou seja, para controlar a pressão, e diuréticos para aumentar o volume de diurese dele.

13 – A nefrite atinge mais homens ou mulheres?

Depende muito da patologia de base da doença que vai causar essa nefrite. Mas, no geral, pode ser tanto em homens quanto em mulheres. Não tem diferenciação.

14 – Além da creatinina, tem outro método para diagnosticar a doença?

Quando há um quadro de nefrite em que não se chega a um diagnóstico com exames de laboratório a recomendação é fazer uma biópsia renal com uma agulha. É retirado um pedacinho do rim que vai passar por um processo de histologia que é para mostrar as células dessa biópsia. Aí, é possível ter um diagnóstico de certeza.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui