Santa Catarina tem queda nas exportações de suínos e aves em abril

0
710

Abril foi um mês diferente, com muitos feriados prolongados, e também sentimos os reflexos da Operação Carne Fraca

Santa Catarina encerra abril com retração nas exportações de carnes de aves e suínos. No último mês, o estado exportou 72,4 mil toneladas de carne de frango e 21,3 mil toneladas de carne suína, 16,8% a menos do que em março. A queda pode ser um reflexo da Operação Carne Fraca, deflagrada pela Policia Federal.

A arrecadação com as exportações de carnes também foi menor em abril. As receitas dos embarques de carne de frango somaram US$ 134,7 milhões, 18,66% menor do que em março. Já as exportações de carne suína geraram US$ 53,9 milhões, menos do que o arrecadado no mês anterior, porém 32,9% maior do que abril de 2016.

O secretário de Estado da Agricultura e da Pesca, Moacir Sopelsa, acredita que o encolhimento nas exportações foi causado pela combinação entre um mês atípico e um cenário de incertezas.  “Abril foi um mês diferente, com muitos feriados prolongados, e também sentimos os reflexos da Operação Carne Fraca. Em março, passamos por um momento de incertezas, quando novos negócios não foram feitos, isso foi sentido no mês de abril”.

A expectativa é de que haja uma retomada nas exportações em maio. “Nossos produtos são reconhecidos pela sua qualidade e temos um grande diferencial, que é a sanidade dos nossos rebanhos, isso nos dá acesso a mercados muito competitivos. Com a situação normalizada, acredito que as exportações voltem a crescer este mês”, destaca Sopelsa.

Mesmo com a queda nas exportações de carnes em abril, o acumulado do ano apresenta resultados positivos. Em relação ao período de janeiro a abril de 2016, as receitas das embarques do primeiro quadrimestre deste ano registram aumentos de 10,32% no caso da carne de frango e de 56,8% para a carne suína.

 Nesses quatro meses, Santa Catarina já exportou 307,9 mil toneladas de carne de frango, com um faturamento de US$ 570,2 milhões, e 92,9 mil toneladas de carne suína, arrecadando US$ 214,8 milhões.

Com forte tradição na pecuária, Santa Catarina é berço das principais empresas do setor de carnes do Brasil. O estado conta com 18 mil produtores integrados às agroindústrias e o setor de carnes gera quase 60 mil empregos diretos em frigoríficos e indústrias de beneficiamento. Como maior produtor nacional de carne suína e o segundo maior de carne de frango, Santa Catarina atende o mercado brasileiro e o exterior, com presença em mais de 120 países.

Os números foram divulgados pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior e analisados pelo Centro de Socioeconomia e Planejamento Agrícola (Cepa/Epagri).

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui